Aqui você pode realizar buscas no catálogo on-line, bem como fazer download de parte do nosso acervo. Além disso, disponibilizamos informações sobre a biblioteca, tais como histórico, serviços oferecidos, links relacionados, etc.

ID: 101930
Nº de chamada: 311.3:504-C759
ISBN: 9786588162057
Tipo de material: livro
Título: Contas de ecossistemas : resultados do Projeto NCAVES no Brasil / IBGE, Coordenação de Geografia e Meio Ambiente, Coordenação de Contas Nacionais
Local: Rio de Janeiro
Editor: IBGE
Ano: 2022
Descrição física: 132 p. : il. color.
Notas:
Disponível apenas em meio digital.
Indicação de conteúdo: O Projeto NCAVES, subsidiado pela União Europeia - UE (European Union - EU), foi implementado no Brasil sob a liderança do IBGE, com o suporte da Divisão de Estatística das Nações Unidas (United Nations Statistics Division - UNSD) e do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente - PNUMA (United Nations Environment Programme - UNEP), tendo por objetivo avançar na agenda do conhecimento em contabilidade econômica ambiental, em particular a contabilidade dos ecossistemas, por meio do apoio e da capacitação prestados a instituições nacionais relacionadas ao tema. China, Índia, México e África do Sul também se somaram a essa iniciativa internacional. O projeto visou a produção de Contas de Ecossistemas capazes de fornecer uma imagem abrangente do estado e da qualidade do meio ambiente desses países, assim como dos benefícios gerados pela natureza para as suas economias, tornando viável a utilização de uma lógica contábil para a construção de novas estratégias econômicas que considerem a utilização sustentável dos recursos naturais e as pressões provocadas pelos agentes econômicos. O presente relatório, enriquecido com tabelas, gráficos, mapas, entre outras ilustrações, discorre sobre os principais resultados alcançados pelo IBGE nas contas de ecossistemas no âmbito desse Projeto no Brasil e abarca a Conta de Extensão, a Conta de Condição, e a Provisão e Uso de Serviços dos Ecossistemas (em termos físico e monetário), considerando-se para tal o recorte espacial dos Biomas Amazônia, Mata Atlântica, Caatinga, Cerrado, Pantanal e Pampa. São abordados, ainda, os resultados da segunda edição das Contas Econômicas Ambientais da Água, obtidos pelo Instituto em parceria com a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico - ANA. A publicação traz ainda uma visão geral das metodologias utilizadas para a representação dessa dinâmica integrada dos ecossistemas e de sua relação com o sistema econômico, em que se destaca o manual System of environmental-economic accounting: ecosystem accounting, SEEA EA, cujos princípios e conceitos têm como base o manual Sistema de contas econômicas ambientais 2012: marco central, conhecido como SCEA - Marco Central, que integra os fluxos físico e monetário dos ativos ambientais individuais às regras contábeis do Sistema de Contas Nacionais - SCN. Ambos os referenciais foram elaborados pela UNSD.


Assuntos:
Brasil; Economia ambiental; Recursos naturais

Entidade Secundária: IBGE. Coordenação de Contas Nacionais; IBGE. Coordenação de Geografia e Meio Ambiente; Projeto Contabilidade do Capital Natural e Valoração dos Serviços Ecossistêmicos
Série Secundária: Coleção Ibgeana

Download(s):

liv101930.pdf

© 2022 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística