Aqui você pode realizar buscas no catálogo on-line, bem como fazer download de parte do nosso acervo. Além disso, disponibilizamos informações sobre a biblioteca, tais como histórico, serviços oferecidos, links relacionados, etc.

ID: 101927
Nº de chamada: 314.3/.5-E82
ISBN: 9786588162040
Tipo de material: livro
Título: Estudo complementar à aplicação da técnica de captura-recaptura : estimativas desagregadas dos totais de nascidos vivos e óbitos : 2016-2019 / IBGE, Coordenação de População e Indicadores Sociais
Local: Rio de Janeiro
Editor: IBGE
Ano: 2022
Descrição física: [35] p.
Notas:
Disponível somente em meio digital.
Indicação de conteúdo: A Técnica de Captura-Recaptura vem sendo aplicada pelo IBGE para calcular as estimativas dos totais de nascimentos e óbitos e os seus sub-registros/subnotificações, tendo como referências os dados da pesquisa Estatísticas do Registro Civil, realizada pelo Instituto, e os registros administrativos do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos - Sinasc e do Sistema de Informações sobre Mortalidade - SIM, do Ministério da Saúde. Os primeiros resultados assim obtidos contemplaram o período de 2015 a 2019, utilizando-se para tal o Modelo Linear Generalizado (Generalized Linear Model - GLM), implementado após um pareamento dessas fontes de informação, o que permitiu avaliar a cobertura de seus registros para os níveis de desagregação Brasil, Grandes Regiões, Unidades da Federação e Municípios. O presente estudo constitui um avanço metodológico dessa aplicação por apresentar desagregações para novas variáveis no período de 2016 a 2019. Assim, no caso dos nascimentos, foram selecionadas as seguintes: Unidade da Federação e Município de residência da mãe; idade da mãe na ocasião do parto; local de nascimento; percentual da população municipal de mulheres de 25 a 39 anos de idade que completaram o ensino médio e densidade populacional do Município, com base no Censo Demográfico 2010. Para os óbitos, foram selecionadas as seguintes: Unidade da Federação e Município de residência do falecido; sexo do falecido; grupo de idade do falecido; local de ocorrência do óbito; natureza do óbito; percentual da população municipal de 25 a 39 anos de idade que completou o ensino médio e densidade populacional do Município, ambas, também, com base no referido levantamento. As estatísticas ora divulgadas, cumpre destacar, são experimentais, isto é, estão sob avaliação porque ainda não atingiram um grau completo de maturidade em termos de harmonização, cobertura ou metodologia. O portal do IBGE na Internet disponibiliza outras informações relacionadas ao Sistema de Estatísticas Vitais do País.


Assuntos:
Bioestatística; Brasil; Estatísticas do Registro Civil; Metodologia; Nascimento

Entidade Secundária: IBGE. Coordenação de População e Indicadores Sociais
Série Secundária: Coleção Ibgeana; Investigações Experimentais. Estatísticas Experimentais

Download(s):

liv101927.pdf

© 2022 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística