Aqui você pode realizar buscas no catálogo on-line, bem como fazer download de parte do nosso acervo. Além disso, disponibilizamos informações sobre a biblioteca, tais como histórico, serviços oferecidos, links relacionados, etc.

ID: 101671
Nº de chamada: 334.72(81)-D383d
Complemento 1: 2017
Complemento 2: n. 33
ISBN: 9788524045066
Tipo de material: livro
Título: Demografia das empresas e estatísticas de empreendedorismo : 2017
Local: Rio de Janeiro
Editor: IBGE
Ano: 2019
Descrição física: 113 p.
Notas: Bibliografia: p. [77]-80.
Inclui glossário.
Dando continuidade ao estudo conjunto sobre a demografia das empresas formais brasileiras e as estatísticas de empreendedorismo, o IBGE apresenta, nesta publicação, seus resultados correspondentes a 2017. As abordagens têm como base de dados o Cadastro Central de Empresas - CEMPRE, sendo também utilizadas, no caso das estatísticas de empreendedorismo, informações das pesquisas estruturais por empresas nas áreas de Indústria, Construção, Comércio e Serviços, realizadas pelo Instituto, para o conjunto das empresas de alto crescimento, isto é, aquelas com aumento médio de pessoal ocupado assalariado igual ou maior que 20% ao ano, por um período de três anos, e com 10 ou mais pessoas ocupadas assalariadas no ano inicial de observação.
O estudo Demografia das Empresas apresenta as taxas de entrada, saída e sobrevivência, segundo o porte e a atividade econômica das empresas. Traz ainda informações sobre o pessoal ocupado assalariado, segundo o sexo e a escolaridade, por tipo de evento demográfico, aspectos da sobrevivência das empresas entre 2008 e 2017, análise evolutiva da mobilidade, por porte das empresas sobreviventes, desde 2012, e avaliação dos resultados regionais. O estudo Estatísticas de Empreendedorismo, por sua vez, focaliza o tema a partir das empresas de alto crescimento e das empresas gazelas, segundo o porte e a atividade econômica, discute seu impacto na geração de postos de trabalho assalariados formais, e analisa indicadores econômicos, como valor adicionado bruto, receita líquida e produtividade do trabalho, das empresas de alto crescimento em 2017. A junção desses dois estudos, vale lembrar, manteve o cerne de cada uma das publicações, antes divulgadas em volumes específicos, tomando-se o cuidado de preservar, tanto na análise dos resultados como no plano tabular, na medida do possível, as principais informações anteriormente disponibilizadas, o que permite a comparabilidade dos indicadores.
A publicação inclui notas técnicas com considerações sobre os procedimentos metodológicos utilizados neste estudo conjunto, além de um glossário com os termos e conceitos considerados relevantes para a compreensão dos resultados. O IBGE disponibiliza ainda, no portal, o plano tabular completo, contemplando os dois temas, inclusive com eventos demográficos por Municípios das Capitais. O conjunto dessas informações oferece valiosa contribuição aos órgãos governamentais e às instituições da sociedade civil para o desenvolvimento e o aprofundamento de outros projetos relacionados aos temas e concorre, especialmente, para o debate sobre a dimensão e a importância do empreendedorismo no País, assunto que tem relevância cada vez mais acentuada na economia, tanto em nível nacional quanto global. Publicação complementar: Estatísticas do cadastro central de empresas (anual).


Assuntos:
Aspectos econômicos; Aspectos sociais; Brasil; Empreendedorismo; Empresas

Entidade Secundária: IBGE. Coordenação de Cadastro e Classificações
Série Secundária: Coleção Ibgeana; Estudos e pesquisas. Informação econômica, ISSN 1679-480X

Download(s):

liv101671.pdf

© 2020 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística