Aqui você pode realizar buscas no catálogo on-line, bem como fazer download de parte do nosso acervo. Além disso, disponibilizamos informações sobre a biblioteca, tais como histórico, serviços oferecidos, links relacionados, etc.

ID: 25477
Nº de chamada: 311.213.1(81)1872-R295r
Complemento 1: OR
ISBN: Obra rara
Título: Recenseamento do Brazil em 1872. -
Local: Rio de Janeiro
Editor: Typ. G. Leuzinger
Ano: [1874?]
Descrição física: 12v.
Notas: GE000141751
Conteúdo: v.1. Brasil - v. 2. Alagoas, Amazonas - v. 3. Bahia - v. 4. Ceará, Espírito Santo - v. 5. Município Neutro, Pará, Paraíba - v. 6. Goiás, Maranhão, Mato Grosso - v. 7. pt.1 Minas Gerais - v. 8, pt.2. Minas Gerais - v. 9. Paraná, Pernambuco, Piauí - v. 10. Rio de Janeiro - v. 11. Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina - v. 12. São Paulo, Sergipe.
Resumo: O Censo Geral do Império de 1872 apresenta uma preciosa e rica informação sobre o estado da população do Brasil à época do 2. Reinado. Os 12 volumes e mais de 8.500 quadros estatísticos retratam uma situação histórica vivida pelo país e também um momento na constituição dos serviços estatísticos do Estado brasileiro. A lei de 9 de setembro de 1870 que convocou o 1. censo decenal do Império criou paralelamente a Diretoria Geral de Estatística, o primeiro sistema centralizado de levantamento estatístico do Brasil. Feito que representou um momento importante da formação do Estado Nacional a partir dos elementos herdados da monarquia bragantina. A Diretoria Geral de Estatística do Império tornou-se, deste modo, o marco histórico inicial da estrutura do Sistema Nacional de Estatística, de que o IBGE, desde os anos trinta tem sido o elemento central.


Assuntos:
Brasil; Censo de habitação, 1872; Censo demográfico, 1872; Censo, 1872


© 2018 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística