Aqui você pode realizar buscas no catálogo on-line, bem como fazer download de parte do nosso acervo. Além disso, disponibilizamos informações sobre a biblioteca, tais como histórico, serviços oferecidos, links relacionados, etc.

ID: 44743
Código de Localidade: 4209102
Município: Joinville
Tipo de material: fotografia
Título: Alameda Brüstlein : Monumento a Dona Francisca : Joinville, SC
Local: [S. l.]
Editor: [s. n.]
Ano: 1983
Descrição física: 1 fot. : p&b
Série: Acervo dos municípios brasileiros
Notas: A alameda Brüstlein, conhecida como Rua das Palmeiras, foi concebida para servir de ligação entre a Maison de Joinville e a Rua da Olaria, atual Rua do Príncipe. Em 1867, Frederico Brüstlein, administrador da Colônia Dona Francisca, solicitou a Louis Niemeyer que trouxesse de sua viagem ao Rio de Janeiro sementes das palmeiras imperiais existentes no Jardim Botânico. Em 1873, as mudas de 56 palmeiras foram transplantadas para o local. Desde sua implantação, a Alameda Brüstlein passou por diferentes alterações de traçado, trânsito e sentido propostas por gestores, arquitetos, paisagistas, artistas e pesquisadores. Ainda no século XIX, as ruas do Príncipe e Rio Branco foram alargadas, o que ocasionou a retirada de quatro palmeiras. Em 1961, quando a Comissão do Museu Nacional e Imigração e Colonização assumiu os trabalhos na instituição, fez o replantio de mais dez palmeiras, em substituição às antigas. Em 1973, a Alameda foi ajardinada e transformada em Boulevard, com projeto do artista Juarez Machado. No dia 9 de março de 2005, a Alameda Brüstlein foi tombada como Patrimônio Cultural do município de Joinville. Em 2012, a Prefeitura de Joinville, em uma ação conjunta que envolveu diversos órgãos de governo, realizou um novo projeto de requalificação urbana da Alameda Brüstlein que, entre outras melhorias, abriu um caminho central levemente sinuoso para a passagem de pedestres.
Disponível em: https://www.joinville.sc.gov.br/noticia/2277-Uma+nova+Rua+das+Palmeiras+para+joinvilenses+e+turistas+.html. Acesso em: dez. 2015.
No ano de 1926 o busto de Dona Francisca foi inaugurado primeiro monumento público da cidade. Localiza-se na Rua Rio Branco..
Disponível em: http://www.mubevirtual.com.br/pt_br?Dados&area=ver&id=338. Acesso em: set. 2015.
François Ferdinand, filho do Duque francês Louis Phillippe, foi elevado a Príncipe de Joinville. Em 1837, chegou ao Brasil e interessou-se por Francisca Carolina, filha de Dom Pedro I. Uma lei nacional disciplinava que as princesas brasileiras somente receberiam dotes de terras se constituíssem residência no país. Se fossem para outro país teriam direito a uma soma em dinheiro. No entanto, o Príncipe recebeu uma quantia em moedas e uma porção de terras na região Sul. Parte das terras concedidas como dote de Francisca Carolina foram denominadas Colônia Dona Francisca (1851), em sua homenagem. A Colônia Dona Francisca passou a Joinville, ou seja, nome de uma cidade francesa, onde nascera o Príncipe.
Disponível em: http://www1.an.com.br/jville97/index.htm. Acesso em: out. 2015.
Nota-se em segundo plano o Palácio dos Príncipes ou Casa dos Príncipes.
Fotografia cedida pela Prefeitura.


Assuntos:
Francisca de Bragança, Princesa do Brasil, 1824-1898; Joinville (SC); Monumentos; Ruas; Santa Catarina

Título Secundárias: Alameda Brustlein; Busto de Dona Francisca; Rua das Palmeiras


© 2019 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística