Aqui você pode realizar buscas no catálogo on-line, bem como fazer download de parte do nosso acervo. Além disso, disponibilizamos informações sobre a biblioteca, tais como histórico, serviços oferecidos, links relacionados, etc.

ID: 48908
Código de Localidade: 3118304
Município: Conselheiro Lafaiete
Tipo de material: fotografia
Autor: Roberto (Fotógrafo)
Título: Praça Barão de Queluz : [Chafariz] : Fórum Doutor Assis Andrade : Conselheiro Lafaiete, MG
Local: Conselheiro Lafaiete [MG]
Editor: [s. n.]
Ano: [19--]
Descrição física: 1 fot. : p&b
Série: Acervo dos municípios brasileiros
Notas: A Praça Barão de Queluz foi o local que deu origem ao povoado Campo Alegre dos Carijós, antigo nome dado a atual Cidade. Caminho obrigatório para os Bandeirantes, os descobridores do ouro em Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso, o aldeamento cresceu com a fixação de algumas famílias ao seu redor, passando posteriormente a denominar Largo.
Em meados do século XIX, a Igreja Matriz e a Praça Barão de Queluz foram palco de um embate da Revolução Liberal de 1842.
Com passar dos anos, o Largo da Matriz, como era chamado na época, passou por diversas transformações. Em 1926 havia grande número de árvores altas, que foram cortadas para que em 1934 a Praça passasse por um grande projeto urbanístico.
Na década de 1940, a Praça passou por mudanças, como a colocação dos caramanchões e aterramento do quarto degrau do Chafariz, e centralização do seu canteiro.
No final da década de 1950, foram plantadas novas árvores, algumas delas existem até hoje, e a colocação de novo calçamento.
Na Praça encontram-se o Chafariz e a placa comemorativa aos expedicionários.
Um dos fatos mais importantes ocorridos na Praça foi a Batalha da Revolução Liberal de 1842, onde os liberais de Queluz combateram os soldados imperiais. Desse episódio histórico, restaram as marcas de balas na fachada da Igreja Matriz.
Disponível em: http://conselheirolafaiete.mg.gov.br/portal/pontos-turisticos/pracas/. Acesso em: jan. 2017.
O Chafariz teve seu projeto encomendado à Fundidora M. J. Medeiros Cia, em 1878, junto com o projeto de mais quatro chafarizes pequenos, que seriam colocados em diversos pontos da cidade.
O grande Chafariz, instalado na Praça Barão de Queluz, foi colocado sobre um pedestal formado por quatro degraus de granito (os mesmos que outrora serviram ao pelourinho, erigido a 19 de setembro de 1790), medindo aproximadamente três metros de altura, por um metro e meio de circunferência. Possuía quatro bicas de bronze, pelas quais jorrava água. Abaixo das bicas, havia quatro mesas ou banquetas, redondas, trabalhadas em ferro, para apoio de latas e vasilhas usadas no carregamento de água. Entre as mesas e as bicas havia um ornamento com folhas de fumo, em bronze. Na parte superior uma grinalda de flores , que ainda se conserva, em cima de um lado, por uma placa com a data 1881, e do lado oposto outra com a frase Assíduo vir propositi tenax omnia vincit. No capitel, uma fruteira contendo diversos tipos de flores e frutas, tendo ao alto um abacaxi, símbolo da realeza.
Com a instalação da luz elétrica na cidade, em 1971, foram afixados, no capitel do chafariz, quatro braços de ferro com luminárias. Com a implantação da Companhia Energética de Minas Gerais S. A. (Cemig), as luminárias foram retiradas. O monumento Chafariz é tombado pelo Município.
Disponível em: http://conselheirolafaiete.mg.gov.br/portal/pontos-turisticos/monumentos/. Acesso em: jan. 2017.
Disponível em: http://migre.me/vWDSh. Acesso em: jan. 2017.
O Fórum Doutor Assis Andrade foi inaugurado em 17 de agosto de 1957, após dois anos de obras. O Prédio foi construído no mesmo local onde antes havia o Velho Fórum, demolido no início da década de 1950. A construção de estilo moderno, foi projetada pelos arquitetos Edgard Tavares Barbosa e Rafael Hardy Filho, este, da escola de arquitetura de Belo Horizonte.
O governo de Minas Gerais cedeu o imóvel ao município, em regime de comodato e seu uso será destinado ao abrigo das secretarias municipais de Saúde e Desenvolvimento Social e uma unidade do Sistema Nacional de Emprego (Sine). Em janeiro de 2015, as obras de reforma foram iniciadas, tendo sido concluídas em maio de 2016. O Prédio recebeu o nome de Edifício Doutor Dimas Pena, em homenagem ao médico que atuou na Cidade.
O Fórum Doutor Assis Andrade foi transferido para Rua Melvin Jones, no Bairro Campo Alegre.
Disponível em: http://conselheirolafaiete.mg.gov.br/portal/pontos-turisticos/predios-historicos/. Acesso em: jan. 2017.
Disponível em: http://conselheirolafaiete.mg.gov.br/portal/prefeitura-de-lafaiete-inicia-reforma-do-predio-do-antigo-forum/. Acesso em: jan. 2017.
Disponível em: http://conselheirolafaiete.mg.gov.br/portal/prefeitura-inaugura-nova-sede-das-secretarias-de-saude-e-assistencia-social/. Acesso em: jan. 2017.
Disponível em: http://www.tjmg.jus.br/portal/imprensa/noticias/tj-inaugura-novo-forum-em-conselheiro-lafaiete.htm#.WisnO0srKHs. Acesso em: jan. 2017.
Disponível em: http://migre.me/vWD39. Acesso em: jan. 2017.
Disponível em: http://migre.me/vWD46. Acesso em: jan. 2017.


Assuntos:
Assistência social; Conselheiro Lafaiete (MG); Edifícios; Edifícios públicos; Emprego; Fontes e chafarizes; Fóruns; Minas Gerais; Monumentos; Saúde

Título Secundárias: Edifício Doutor Dimas Pena; Edifício Dr. Dimas Pena; Fórum Dr. Assis Andrade; Largo da Matriz; Monumento Chafariz; Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social; Secretaria Municipal de Saúde; Sine; Sistema Nacional de Emprego


© 2021 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística